Pular para o conteúdo principal

O objetivo é olhar pra baixo


Chega uma hora em nossa vida em que paramos sempre de querer mais e presta atenção nas pessoas que têm menos que a gente. É como se estivéssemos no topo de um triângulo invertido mesmo não estando, mesmo sendo classe média, baixa. Sempre existem níveis abaixo independente da classe estacionada.

O problema é achar que quem tem mais é feliz. A ilusão é acreditar que ter muito dinheiro significa ser realizado na vida. O errado é quem diz que você só será alguém se só olhar pra cima, pois eu digo que pra crescer é necessário olhar pra baixo.

Inspiração é um negocio complicado. Normalmente servem de espelho quem tem muito dinheiro, fama... Para alguns isso é o certo. Isso é realização, um grande exemplo. Mas meu amigo, se reparar bem quem nos ensina algo todo dia é quem esta em baixo. São tantas formas de superação, são tantos exemplos que passam despercebido. Engana-se quem acha que o simples não tem valor.



Quando decidimos olhar pra baixo a primeira impressão é assustadora porque você encontra pessoas pedindo socorro a sua maneira: roubando, matando, xingando, batendo ou até mesmo quem já desistiu de lutar. Tudo isso é luta. Mesmo que seja do jeito errado. Cada um descobre um caminho e segue por ele. A verdade é o que se sabe.

Olhe agora pra baixo de novo com um olhar de quem pode ajudar. Que pode mostrar outras verdades. Olhe pra baixo tendo a certeza que pode ser um anjo na vida de alguém. Agora parece mais bonito, não é mesmo?

Dói tanto andar em um mundo que não se pode confiar em ninguém. Dói saber que existem crianças jogadas por ai e que terão destinos trágicos. Dói saber das dificuldades de algumas pessoas. São infinitos os exemplos de dores.

Quer saber o que não dói? Esticar a mão para alguém. Isso acaba virando uma corrente. É um pouco difícil no começo porque pessoas machucadas andam com espinhos nas mãos. Vai com calma, trabalho de formiguinha. De mão e mão dadas vamos longe, a corrente fica forte e maior. Isso sim é o significado de realização.

Não é errado querer ser alguém melhor. Errado é esquecer-se de olhar pra baixo. Errado é deixar de ajudar. O egoísmo apodrece a alma de fora a fora.


Portanto, faça sua parte. Não crie desculpas e sim soluções. Doe o que pode. Já parou pra pensar em quando uma cesta básica ou peças de roupas podem ajudar? Principalmente, doe amor. Ame pra valer as pessoas porque é disso também que o mundo precisa. Quem ama: cuida, ajuda, protege e ajuda alguém a se fortificar. Ame e mostre que tudo pode ser diferente. E é assim que todos subiram de degrau em degrau nesse triângulo da vida.


                               Vamos ser amigos? Facebook | FanPage | Instagram |

Comentários

  1. Gente...o egoísmo do ser humano me assusta as vezes!

    Que cada dia possamos abrir os nossos olhos e enxergar que uma hora os papéis podem ser invertidos e a necessidade de ajuda é maior do que se imagina.

    ResponderExcluir

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Artigos Vários de Psicologia

Olááá Galerinha♥ Tudo bem? Há um tempo escrevi um texto aqui no blog contado que estava cursando Psicologia e a Chiado Editora que é nossa parceira me enviou esse livro cheio de artigos, não é puro amor?

São 87 artigos escritos por Sérgio Resende (formado em Psicologia Clinica) e estão organizados por ordem cronológica de 2007 a 2013. O legal é que são vários temas abordados, por exemplo, antropologia psicanalítica, hiperatividade, perturbações alimentares, complexo de Édipo, psicologia política, psicologia evolutiva, psicologia da religião, psicologia matemática, fobias, criatividade, telepatia e, para além de outras análises do comportamento e funcionamento psicológico humano, Teoria do Tudo em Psicologia e exopsicologia. Não são de mais?
 Eu que estou nessa vibe de estudar as abordagens e assuntos relacionados à Psicologia achei incrível esses artigos. Como são pequenos dá sempre vontade de continuar lendo. Ah e se você tem curiosidade de saber sobre a caracterização psicológica dos p…

Resenha: Fado

Olá, como estão às coisas por ai? Se não estiverem bem acredite que a poesia pode curar. Amor, espiritualidade, alma, mente, destino... São temas abordados no livro de poesias Fado escrito por Daniel Horta Botelho e Castro. Há um tempo recebi um e-mail da editora Chiado me convidando para contar desse livro pra vocês e não esperava que fosse gostar tanto. Em cada poesia um tema que parece complicado, mas ao ler o ponto de vista de Daniel parece mais fácil encontrar o equilibro.
FADO é paraNós. Por umMundo melhor. Por todosNós.” 
Ah, sem contar as ilustrações lindas que aparecem vez ou outra para dar mais vida a poesia.


Esse livro foi publicado em Maio desse ano como o objetivo de “levar-nos a superar o triste estado em que chegamos.” Parece dramático, mas não há outra expressão para se referir a um poeta que transforma confusões em caminhos e que tem a sensibilidade de eternizar isso.


Espero que tenha ficado curioso para ler, clique nesse link e saiba mais.


Continue sendo essa pessoa ilum…

Diferença entre esmalte cremoso e cintilante

Olá Galerinha ♥ Tudo bem? Como foi o dia das mães por ai? Aqui comemoramos no sábado porque minha mãe estava de plantão no domingo. Enfim, esses dias eu disse aqui no blog que tinha dificuldades de pintar as unhas porque existem dois tipos de esmaltes e quando comecei só conseguia com o cremoso. Então, vim aqui explicar a diferença pra quem não sabe.