Pular para o conteúdo principal

Autoestima

Vai por mim, não sou a pessoa com mais autoestima desse mundo, por mais que vivo tendo respostas de bate-ponto quando me dizem você está bonita. Sempre respondo: eu sei, mesmo que por dentro eu não saiba e prefira estar em casa sem olhar pra cara de ninguém.

A ideia inicial para esse post era 5 dicas para se amar mais, mas não tenho essas dicas para compartilhar. No fundo eu não tenho auto estima nenhuma. Era para eu estar estudando para uma prova que vou fazer para um curso técnico, Vargas que me desculpe por não conseguir prestar atenção para relembrar sua história.

Passei por todo período da escola com um rabo de cavalo porque fui com ele no primeiro dia de aula na escola nova e isso foi na sétima série. Algumas pessoas me aceitam assim e com a minha ignorância achei que tinha achado a fórmula do sucesso para ser aceita.

Só que depois de um tempo cansei de ter esse pensamento idiota e comecei tentar achar algum estilo que combine comigo. Não achei e fui colocando as peças que me faziam bem. Muitas vezes não quis comprar a roupa x da moda por não se achar digna de usa-la. De novo, com um tempo parei com essa neura – em partes.

Hoje eu uso o cabelo e a roupa como quiser. Se alguém quiser entrar no meu circulo de amizades bem, se não, bem também. Amo usar moletom cinza por mais que digam que é apagado e sabe o por quê? Acabei descobrindo que ser apagado mesmo é usar algo só pelo fato de estar na moda e não se sentir nem um pouquinho bem. Sempre suou inútil pra mim alguém estar rodeada de pessoas e se sentir sozinha ou não ser aceita pelo nomeados amigos e ter que criar um personagem. 

Então, a cada dia faço um esforcinho para me amar mais. Uso meus cachos bagunçados, as roupas que quero e quando quero e mais importante é que cuido de mim por dentro todos os dias. Tenho certeza que essa tal autoestima começa de dentro pra fora.


Ser quem sou com certeza está relacionando a melhora da autoestima, pois cada vez que tomo uma atitude que todos apontam o dedo podre dizendo não, eu digo sim. Cada vez que faço algo por eu mesma começo me amar mais um tiquinho. E, até onde sei, tudo que se começou devagar  aos poucos teve um sucesso enorme.

  Vamos ser amigos? Facebook | FanPage | Instagram |

Comentários

  1. Auto estima é algo realmente complicado... Tive (senão tenho ainda) sérios problemas com isso.

    Fui bulímica, deprimida e infeliz... Mas no fundo (naquele funnnndooo mesmo) sempre soube que me escravizar desta forma era bobagem e que no fim não vou levar nada disso... Acredito que era Deus tentando me mostrar que eu sou linda da forma que Ele me fez.

    Mas isso é um exercício que deve ser revisado todos os dias. Problemas com auto estima grande parte das mulheres e meninas já teve.

    Cada dia plante um brotinho de amor próprio e terá um resultados imensamente feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter se livrado desse monte de sentimentos ruins e você é linda mexxxmo ♥

      Excluir

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Artigos Vários de Psicologia

Olááá Galerinha♥ Tudo bem? Há um tempo escrevi um texto aqui no blog contado que estava cursando Psicologia e a Chiado Editora que é nossa parceira me enviou esse livro cheio de artigos, não é puro amor?

São 87 artigos escritos por Sérgio Resende (formado em Psicologia Clinica) e estão organizados por ordem cronológica de 2007 a 2013. O legal é que são vários temas abordados, por exemplo, antropologia psicanalítica, hiperatividade, perturbações alimentares, complexo de Édipo, psicologia política, psicologia evolutiva, psicologia da religião, psicologia matemática, fobias, criatividade, telepatia e, para além de outras análises do comportamento e funcionamento psicológico humano, Teoria do Tudo em Psicologia e exopsicologia. Não são de mais?
 Eu que estou nessa vibe de estudar as abordagens e assuntos relacionados à Psicologia achei incrível esses artigos. Como são pequenos dá sempre vontade de continuar lendo. Ah e se você tem curiosidade de saber sobre a caracterização psicológica dos p…

Resenha: Fado

Olá, como estão às coisas por ai? Se não estiverem bem acredite que a poesia pode curar. Amor, espiritualidade, alma, mente, destino... São temas abordados no livro de poesias Fado escrito por Daniel Horta Botelho e Castro. Há um tempo recebi um e-mail da editora Chiado me convidando para contar desse livro pra vocês e não esperava que fosse gostar tanto. Em cada poesia um tema que parece complicado, mas ao ler o ponto de vista de Daniel parece mais fácil encontrar o equilibro.
FADO é paraNós. Por umMundo melhor. Por todosNós.” 
Ah, sem contar as ilustrações lindas que aparecem vez ou outra para dar mais vida a poesia.


Esse livro foi publicado em Maio desse ano como o objetivo de “levar-nos a superar o triste estado em que chegamos.” Parece dramático, mas não há outra expressão para se referir a um poeta que transforma confusões em caminhos e que tem a sensibilidade de eternizar isso.


Espero que tenha ficado curioso para ler, clique nesse link e saiba mais.


Continue sendo essa pessoa ilum…

Obras: Romero Britto

Eu estava fazendo uma pesquisa de artes e conheci as obras de Romero Britto ele é brasileiro mas já espelhou suas obras pelo mundo. Então resolvi compartilha com vocês... Espero que gostem também!











Mais obras em : http://www.britto.com/
O que vocês acharam? Eu particularmente amei, essas cores me chamou muita a atenção!