Pular para o conteúdo principal

Deficientes não precisam de pena


Pra quem não sabe tenho uma irmã e ela tem sequelas de paralisia cerebral. A gente ainda discute por causa de nada mesmo ela tendo quase vinte anos e eu dezoito, coisas que só quem tem irmão sabe do que estou falando.

Sempre estudamos na mesma escola e quando eu era pequena já me meti em várias confusões e quando digo pequena me refiro desde a primeira série. Toda sala de aula tem um grupo de meninos idiotas e não seria diferente na dela e quando algum tonto a zuava eu batia neles. Na maioria das vezes em dois de uma vez. O diretor chamou minha mãe para dizer que minha irmã tinha que reagir e além do mais os garotos poderiam fazer um grupo fora da escola e me bater.

Sinceramente, eu não estava nem ai e não estou.  Fico me perguntando por que os pais dessas crianças não explicam em casa que esse tipo de atitude é errado ou será que a maioria dos adultos pensa como aquelas crianças? Pra quem não sabe existe preconceitos até com deficientes e é nessas horas que me pergunto o quão digno de pena alguém pode ser. Essas pessoas sim precisam de pena.


Com o tempo a gente foi crescendo e conhecendo pessoas maravilhosas que a ajudou bastante em diversas áreas, mas também se aproximou aqueles seres que precisam demonstrar sua pena e tentar limita-la.

Isso me deixa bastante irritada. Existem vários tipos de grau de deficiência e cada caso é um caso, mas deficiente nenhum precisa de pena eles precisam é de oportunidade. Estar do outro lado da rua cochichando o tão coitada deve ser essa pessoa que porta alguma necessidade especial não lhe dá passe livre para o céu como muitos pensam.

Se for pra ter pena, que tenha dessas pessoas que tem preconceitos com deficientes porque essa pessoa provavelmente é muito mal amada e tem o cérebro menor que o grão de um feijão. Quando alguém dá oportunidades para as pessoas especiais a tira de um buraco e as fazem se sentir útil, entende? Como qualquer um de nós quando arruma um emprego, por exemplo.

Por um mundo onde exista menos pena e mais oportunidades!

Comentários

  1. "Se for pra ter pena, que tenha dessas pessoas que tem preconceitos com deficientes porque essa pessoa provavelmente é muito mal amada e tem o cérebro menor que o grão de um feijão."

    Achei sensacional essa parte... Até de risada kkkkkkk kkkkkkk grão de feijão foi chave!

    Agora falando sério, eu num sei porque mas essa sociedade ao mesmo tempo que ajuda, traz consigo uma bagagem de que deve olhar para os deficientes com a cabecinha torta de cão sem dono.

    Bom, por mais que perante o mundo eu não sou considerada, eu tenho sim deficiência devido a minha perca auditiva e lembro -e muito bem por sinal- de quando usava aparelho, acontecia duas coisas: primeira que eu vivia levando bronca, bilhete pra mãe assinar e volta e meia fazia um passeio até a sala da diretora porque os professores achavam que eu estava ouvindo música durante a aula! Não me davam a chance de explicar!

    E segundo: quando eu conseguia falar que era um aparelho de ajuda - que não me ajudava em merda nenhuma - eles me olhavam com a cabeça torta e cara de cão sem dono.

    Eu ficava furiosa quando essas coisas aconteciam! Sou um ser humano normal caramba! (Pensava eu).

    Com o tempo aprendi que pessoas que tiram sarro, ou que fazem tais façanhas é que tem deficiência.
    Deficiência tal que não lhes permite enxergar que não importa quanto nos falte, precisamos de reconhecimento e queremos nos sentir bem e como você mesma descreveu ÚTEIS!

    quantas oportunidades as pessoas não me deram por conta de que acham que vou trazer prejuízo porque tenho perca auditiva de 100% de um lado, sendo que no outro sou perfeitamente normal e funciona como se fosse dois?!

    Sabe, esse mundo cansa e judia muito! Todos já sofreram injustiça na vida e mesmo passando tanto tempo e acontecido tanta guerra, repressão e esse monte de paranaue ai, as pessoas não aprenderam a amar ainda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é Paulinha, eu imagino o quanto você passou na escola, minha irmã já levou advertências por não conseguir fazer algumas coisas e a mesma professora que fazia isso (na segunda série) a humilhava. Engraçado que quando os país vão a escola esse tipo de professor sempre fala que nunca fez nada, mesmo tendo testemunhas.

      Falta amor mesmo, para a maioria das empresas você só serve se não tiver problemas e isso precisa mudar porque todos merecem uma chance.

      Mas tô aqui torcendo por você, viu? ♥

      Excluir
  2. Nossa! que texto, sinto que foi um super desabafo! realmente pessoas que discriminam deficientes seja lá de que for, são dignos de pena, por serem seres humanos tão medilcres e que não valem nada.

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim, com certeza! Precisamos mostrar isso pro mundo pra um futuro melhor pra eles ♥

      Excluir
  3. Eu sinto é PENA e NOJO dessas pessoas preconceituosas que só pensam no próprio umbigo, e sentem prazer em humilhar as pessoas que são diferntes deles.
    Tenho amigos e amigas deficientes e me orgulho disso, eles me ensinaram a da valor a pequenas coisas.
    ADOREI o texto tá de parabéns viu
    Me super inscrevi no seu blog viu tá de parabéns .
    Sucesso sempre
    http://natashafernanda610.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprender a dar valor as pequenas coisas é bom demaaais <3

      Excluir
  4. Mas pq esse diretor não chamou os pais dos meninos que incomodavam ela? Cada uma heim! E essas pessoas que adoram sentir pena pensam que são boazinhas, mas na verdade não estão sendo úteis em nada né...

    Beijinhos BLOG TANAMODA / MEU ESPAÇO NATURA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, me pergunto isso também :/
      Beijos

      Excluir
  5. Uou, que texto!
    Eu tenho uma prima, que na verdade é uma irmã, que ela tem paralisia cerebral. E a gente viaja juntas, ela é meu amor, sabe? E quando ela foi fazer 15 anos eu me lembro de uma pessoa dizer que minha tia estava gastando dinheiro a toa com uma festa pra ela, que poderia ser revertido em várias outras coisas. Ai naquela hora eu pensei o quanto as pessoas são mesquinhas e preconceituosas com diversas situações, porque eu aposto que se ela não tivesse essa doença , não teriam falado isso.
    Mas enfim, as pessoas que não entendem isso que precisam de pena, afinal, somos todos iguais. As pessoas gostando disso ou não.
    Beijos,
    rodoviadezenove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sim, quando mais a gente cuida mais amor nasce <3 Por que ela não merece uma festa, não é mesmo? Uma guerreira precisa ser parabenizada! O mundo precisa de mais amor e aceitação!
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Artigos Vários de Psicologia

Olááá Galerinha♥ Tudo bem? Há um tempo escrevi um texto aqui no blog contado que estava cursando Psicologia e a Chiado Editora que é nossa parceira me enviou esse livro cheio de artigos, não é puro amor?

São 87 artigos escritos por Sérgio Resende (formado em Psicologia Clinica) e estão organizados por ordem cronológica de 2007 a 2013. O legal é que são vários temas abordados, por exemplo, antropologia psicanalítica, hiperatividade, perturbações alimentares, complexo de Édipo, psicologia política, psicologia evolutiva, psicologia da religião, psicologia matemática, fobias, criatividade, telepatia e, para além de outras análises do comportamento e funcionamento psicológico humano, Teoria do Tudo em Psicologia e exopsicologia. Não são de mais?
 Eu que estou nessa vibe de estudar as abordagens e assuntos relacionados à Psicologia achei incrível esses artigos. Como são pequenos dá sempre vontade de continuar lendo. Ah e se você tem curiosidade de saber sobre a caracterização psicológica dos p…

Resenha: Fado

Olá, como estão às coisas por ai? Se não estiverem bem acredite que a poesia pode curar. Amor, espiritualidade, alma, mente, destino... São temas abordados no livro de poesias Fado escrito por Daniel Horta Botelho e Castro. Há um tempo recebi um e-mail da editora Chiado me convidando para contar desse livro pra vocês e não esperava que fosse gostar tanto. Em cada poesia um tema que parece complicado, mas ao ler o ponto de vista de Daniel parece mais fácil encontrar o equilibro.
FADO é paraNós. Por umMundo melhor. Por todosNós.” 
Ah, sem contar as ilustrações lindas que aparecem vez ou outra para dar mais vida a poesia.


Esse livro foi publicado em Maio desse ano como o objetivo de “levar-nos a superar o triste estado em que chegamos.” Parece dramático, mas não há outra expressão para se referir a um poeta que transforma confusões em caminhos e que tem a sensibilidade de eternizar isso.


Espero que tenha ficado curioso para ler, clique nesse link e saiba mais.


Continue sendo essa pessoa ilum…

Obras: Romero Britto

Eu estava fazendo uma pesquisa de artes e conheci as obras de Romero Britto ele é brasileiro mas já espelhou suas obras pelo mundo. Então resolvi compartilha com vocês... Espero que gostem também!











Mais obras em : http://www.britto.com/
O que vocês acharam? Eu particularmente amei, essas cores me chamou muita a atenção!