sábado, 9 de maio de 2015

Resenha: 360 Dias de Sucesso - Thalita Rebouças

 Olá Galerinha

A resenha de hoje é um tanto quando especial porque ganhei esse livro da Karol Pinheiro no dia do seu encontrinho e sempre quis ler um livro da Thalita. Tem gente que marca momentos especiais com músicas e eu com livros.


O livro conta a história de uma banda que foi se formando aos poucos e bombo de repente. Os integrantes foram se encontrando aos poucos e não imaginariam que fariam tanto sucesso. Em 360 dias de sucesso mostra  sobre o sonho que se tornou realidade e os encantos e desencantos da fama. 



O sonho acabou os unindo e passaram por diversas fases juntos sendo elas boas ou não. É uma leitura leve cheia de humor, romance, músicas, amizade, traição e as inseguranças que todos os adolescentes passam.


O legal é que se você tiver uma banda vai se identificar se não tiver as lições são sobre o que o sucesso trás independente de que área seguir. Nem tudo são flores.

Eu sinceramente gostei demais da história e lendo dá pra ter uma boa noção do quanto somos reflexos de como nossa família nos cria, sabe? Criamos nosso caráter e personalidade em cima da base que temos. Gostei de como tudo aconteceu... 

  
A capa é linda e fiquei apaixonada pelo brilho das letras hahhahahah

Informações extras:
Páginas 302 | Editara: Rocco | Compre no Submarino por $13,23 ou na Saraivapor $17,50 *preços do dia 07/05/2015


 Mas me conta... Você já leu? O que achou?



Continue sendo essa pessoa iluminada e tchau
Vamos ser amigos? Facebook | FanPage | Instagram |

2 comentários:

  1. Eu amo os livros da Talita Dias, já li o Fala Sério amor, esse eu ainda não conhecia, o preço é bem legal, vou comprar. Beijos
    www.guriadecopas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, esse eu não conhecia. Vou ler... Ah, espero que goste desse! Depois vem aqui me contar, tá? Beijãaaao ♥

      Excluir


Abra seu coração aqui!

A rosa que não lhe dei

Não sei exatamente onde tudo se perdeu. Se foi na brincadeira ou na própria desculpa que era outra brincadeira, segundo você mesmo. Acr...