sexta-feira, 26 de junho de 2015

Amor à primeira vista


Quando me perguntam se acredito em amor à primeira vista a resposta é sempre sim. Sei que o amor nunca pede licença para entrar e às vezes acaba saindo à francesa também. Talvez, esse seja o problema.

Nos livros ou até aquelas senhoras que a gente conhece ao esperar o ônibus contam como conheceram o seus amores tudo parece tão fácil. Inclusive surge a confirmação do tal amor à primeira vista. (Suspiros)

Sabe aquela história que para os outros tudo parece dar certo? Então... Já me iludi tanto que pra mim já virou problemas à primeira vista. No fim é sempre um tiro no escuro, já tropeço no claro, amigo.

Engraçado é que por mais que ninguém saiba, parece que escrevemos algo na testa que sempre vem alguém falar do tal cara e citando uma lista repleta de indiretas: olha lá, ele é tão na dele, deve ser casado! Que metido, orgulhoso! Menina, aquele cara só se interessam por meninas ao nível de sua beleza. Aqueles olhos claros procuram outros do mesmo tom!!!

Mesmo discordando de algumas generalizações concordei para encerrar o assunto que surgiu do nada. Se eu fosse tentar me encaixar nessa lista de exigências inventada pela moça eu estaria lascada. Mesmo assim, fica nítido que uma penca de insegurança também vem à primeira vista.


Pelos meus cálculos é essa hora que todo encanto sai, claro à francesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

A rosa que não lhe dei

Não sei exatamente onde tudo se perdeu. Se foi na brincadeira ou na própria desculpa que era outra brincadeira, segundo você mesmo. Acr...