Pular para o conteúdo principal

Não é amor

Para. Você não tem mais treze anos é hora de fazer as coisas diferentes. Gostar de alguém já deixou de ser algo que deve ser deixado em segredo e ficar com raiva quando uma outra menina se aproxima do tal carinha.

Ficar deitada comendo tranqueira e ouvindo músicas tristes não irá te deixar melhor, nem um tiquinho. Essa fase já era. Lembra de quando você achou que nunca mais amaria ninguém porque doía muito? Então, o amor  não é isso.

Claro que até as duas pessoas se acertarem sai um pouquinho de faísca e isso é normal, mas ficar chorando pelos cantos não é amor, pelo menos de um lado e o fim todos já sabem. O problema é querer achar que alguém irá mudar pela gente. Não vai.

Sair de uma roubada o quanto antes é melhor pra você mesmo. Se já deram sinais que não dará certo, cai fora. Não fique buscando mensagens subliminares em frases postadas, em conversas. Não tem essa, sabe? Ou é ou não é.

O que causa a dor é a ilusão não o amor. Ficar guardando algo achando que um dia o cara vai simplesmente olhar pra sua cara e dizer "nossa você estava ai o tempo todo" e blábláblá é coisa de filmes, bem clichê por sinal.

Na verdade acho que esse é o problema: filmes. Sabe aqueles que mostram que você deve ficar sofrendo que um dia tudo isso será recompensado? Não é assim. Não se influencie. Se você foi lá conversou, fez o que tinha que fazer e não deu certo tudo bem. Logo passa, mas não se deve incentivar ninguém a sofrer. Esse não é o melhor remédio.


Quando o mundo entender que o amor não é esse sofrimento todo que contam ou afirmam ser o correto o mundo vai ser um pouquinho melhor e claro com pessoas mais sorridentes por ai. 


Vamos ser amigos? Facebook | FanPage | Instagram |

Comentários

  1. Caraca!

    Poohhh na cara da sociedade!

    Um texto belo e realista!

    Como somos pessoas imaturas no amor né? :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era pra ser algo tão simples e sempre complicamos demais!

      Excluir

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Artigos Vários de Psicologia

Olááá Galerinha♥ Tudo bem? Há um tempo escrevi um texto aqui no blog contado que estava cursando Psicologia e a Chiado Editora que é nossa parceira me enviou esse livro cheio de artigos, não é puro amor?

São 87 artigos escritos por Sérgio Resende (formado em Psicologia Clinica) e estão organizados por ordem cronológica de 2007 a 2013. O legal é que são vários temas abordados, por exemplo, antropologia psicanalítica, hiperatividade, perturbações alimentares, complexo de Édipo, psicologia política, psicologia evolutiva, psicologia da religião, psicologia matemática, fobias, criatividade, telepatia e, para além de outras análises do comportamento e funcionamento psicológico humano, Teoria do Tudo em Psicologia e exopsicologia. Não são de mais?
 Eu que estou nessa vibe de estudar as abordagens e assuntos relacionados à Psicologia achei incrível esses artigos. Como são pequenos dá sempre vontade de continuar lendo. Ah e se você tem curiosidade de saber sobre a caracterização psicológica dos p…

Diferença entre esmalte cremoso e cintilante

Olá Galerinha ♥ Tudo bem? Como foi o dia das mães por ai? Aqui comemoramos no sábado porque minha mãe estava de plantão no domingo. Enfim, esses dias eu disse aqui no blog que tinha dificuldades de pintar as unhas porque existem dois tipos de esmaltes e quando comecei só conseguia com o cremoso. Então, vim aqui explicar a diferença pra quem não sabe.

Resenha: Lápis para olhos da Ruby Rose

Olá galerinha♥ Tudo bem? Eu não iria escrever nada sobre esse lápis de olho porque ele é horrível. Sei que é ruim falar assim, mas eu não tenho esse preconceito de usar produtos baratos, têm alguns que são excelentes, mas esse não. Ai pensei em fazer esse post como uma pessoa que viu um produto com o preço legal e quis levar pra experimentar. Amo quando alguém diz pra mim se o produto realmente funciona  então eis me aqui pra contar pra vocês!