Pular para o conteúdo principal

Sobre escrever

Foto do meu insta @vanessanonatoo

Escrever é uma coisa complicada. Além de coesão, coerência é preciso saber pontuar e saber explicar bem as coisas e eu não sei fazer isso. Venho tentando melhorar porque sei sobre o quero falar, mas se as ideias não tiverem organizadas você ai não vai entender nada. Quem passou foi eu, pra alguém saber é preciso saber contar.

Muitos dos textos que posto aqui é reflexo de algo que já passei ou estou passando e normamente é difícil encontrar as palavras com os significados corretos sendo que nem sei direito o que estou sentindo.

Em falar em expor os sentimentos... Existe mais um problema nesse ponto: não se pode pensar muito porque se não o texto não tem sentimentos. Se eu pensar que algum conhecido esta lendo aqui não escreverei mais nada. Por aqui sempre rola um medinho do que vão achar dos meus sentimentos. Sei que é errado pensar assim porque eles são meus, mas se expor é complicado.

Sei que tem gente boa por aqui (Galerinha) só que também tem aquelas pessoas que só sabem fazer o mal. Certa vez uma conhecida disse que fiz o blog para falar mal dela sendo que o texto era sobre religião. Entenda como quiser.

Cada um interpreta o texto de um jeito e vira uma bola de neve e nem sempre é fácil de lidar. Mas mesmo assim eu estou aqui dia após dia, espalhando sentimentos e ajudando a você e a mim. Só pelo fato de ajudar tudo vale apena.

Escrever só por escrever, não faz sentido. Um texto que não tenha sentimentos não vale a pena ser lido e por isso a cada dia tento me importar menos com o que vão achar e escrever como se só eu fosse ler. Ao contrário dos meus diários aqui tento dar o melhor de mim para que você entenda o que se passa. Por respeito a quem vai ler tento fazer o máximo possível de sentindo.


Escrever e compartilhar e tão gratificante que vale a pena passar por cima de algumas regras, vale a pena enfrentar os medos.

 Vamos ser amigos? Facebook | FanPage | Instagram |

Comentários

  1. Escrever é algo complicado.
    Por mais que queremos deixar nosso espaço (blog) do nosso jeito e com a nossa cara, temos que estabelecer a tal da coesão e de brinde ela trouxe a irmã dela a coerência!

    Não que minha vontade seja sair por ai escrevendo errado.
    Mas muitas vezes aqui dentro tem um monte de idéias querendo sair pra fora de uma vez só! Organiza-las para que ninguém (principalmente eu) se confunda demanda tempo e paciência.

    Sobre o medo dos íntimos: da pra contar nos dedos oque lêem. E nenhum é de sangue!
    Isso não me incomoda, até porque eu ia achar muito estranho kkkkkkkk mas todo mundo é bem vindo!

    E com certeza vale muito a pena passar por cima de uns medinhos ai...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu já fico nossa se eu escrever isso ciclano pode ler e tal... Vale ♥

      Excluir
    2. Seríssimo! Minha família não le meu blog por :preguiça!

      Mas, como eu disse isso nao me incomoda.

      É até bom, assim não me prendo tanto a ponto de não escrever nada.

      Excluir
    3. Eu fico até meio constrangida quando minha família quer ler, sabe? Conto tudo para minha mãe, mas conto o que aconteceu não o que eu sinto. Cê sabe das minhas dificuldades hahah

      Excluir

Postar um comentário


Abra seu coração aqui!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Artigos Vários de Psicologia

Olááá Galerinha♥ Tudo bem? Há um tempo escrevi um texto aqui no blog contado que estava cursando Psicologia e a Chiado Editora que é nossa parceira me enviou esse livro cheio de artigos, não é puro amor?

São 87 artigos escritos por Sérgio Resende (formado em Psicologia Clinica) e estão organizados por ordem cronológica de 2007 a 2013. O legal é que são vários temas abordados, por exemplo, antropologia psicanalítica, hiperatividade, perturbações alimentares, complexo de Édipo, psicologia política, psicologia evolutiva, psicologia da religião, psicologia matemática, fobias, criatividade, telepatia e, para além de outras análises do comportamento e funcionamento psicológico humano, Teoria do Tudo em Psicologia e exopsicologia. Não são de mais?
 Eu que estou nessa vibe de estudar as abordagens e assuntos relacionados à Psicologia achei incrível esses artigos. Como são pequenos dá sempre vontade de continuar lendo. Ah e se você tem curiosidade de saber sobre a caracterização psicológica dos p…

Resenha: Fado

Olá, como estão às coisas por ai? Se não estiverem bem acredite que a poesia pode curar. Amor, espiritualidade, alma, mente, destino... São temas abordados no livro de poesias Fado escrito por Daniel Horta Botelho e Castro. Há um tempo recebi um e-mail da editora Chiado me convidando para contar desse livro pra vocês e não esperava que fosse gostar tanto. Em cada poesia um tema que parece complicado, mas ao ler o ponto de vista de Daniel parece mais fácil encontrar o equilibro.
FADO é paraNós. Por umMundo melhor. Por todosNós.” 
Ah, sem contar as ilustrações lindas que aparecem vez ou outra para dar mais vida a poesia.


Esse livro foi publicado em Maio desse ano como o objetivo de “levar-nos a superar o triste estado em que chegamos.” Parece dramático, mas não há outra expressão para se referir a um poeta que transforma confusões em caminhos e que tem a sensibilidade de eternizar isso.


Espero que tenha ficado curioso para ler, clique nesse link e saiba mais.


Continue sendo essa pessoa ilum…

Diferença entre esmalte cremoso e cintilante

Olá Galerinha ♥ Tudo bem? Como foi o dia das mães por ai? Aqui comemoramos no sábado porque minha mãe estava de plantão no domingo. Enfim, esses dias eu disse aqui no blog que tinha dificuldades de pintar as unhas porque existem dois tipos de esmaltes e quando comecei só conseguia com o cremoso. Então, vim aqui explicar a diferença pra quem não sabe.