domingo, 14 de agosto de 2016

Confissões literárias: Diário de Anne Frank

Olá galerinha Hoje é domingo, dia de não fazer nada, comer e fazer nada de novo, mas estou aqui para me confessar. É. Sabe aquele livro que todo mundo fala bem, mas você nunca consegue terminar? Acho que todos devem ter um e se você quiser me contar abra seu coração aqui nos comentários. Bom, vamos lá...

Eu não consigo terminar de ler o Diário de Anne Frank. BUUUUUUUUUUUUM! Se você acompanha o blog e já leu a aba "lendo" deve ter visto que um dos primeiros livros que postei lá foi esse. É outra versão e o exemplar é de uma amiga minha. O livro ficou aqui em casa há quase um ano e não passei da metade.

Então, se passaram dois, três anos e pensei em tentar novamente e comprei essa versão da foto que é mais completa e explica melhor sobre a versão a, b e c e juro que me empolguei para começar,  mas quando cheguei no meio mais ou menos parei de novo e olha que enrolei para ler os capítulos anteriores.

De verdade, não sei o que acontece. Gosto da proposta do livro, da história em si, admiro muito Anne, só que não consigo terminar. Espero um dia atualizar esse post dizendo que consegui. 


E você conseguiu terminar?


Vamos ser amigos? Fan Page | Instagram

Um comentário:

  1. Oi, Van!
    Então, morro de vontade de ler esse livro, mas sempre acabo dando prioridade a outros títulos. Se eu conseguir terminar, te conto depois!

    Beijos,

    www.algumasobservacoes.com

    ResponderExcluir


Abra seu coração aqui!

A rosa que não lhe dei

Não sei exatamente onde tudo se perdeu. Se foi na brincadeira ou na própria desculpa que era outra brincadeira, segundo você mesmo. Acr...